Páginas

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Paris........... É na conquista de um sonho realizado que encontramos um coração feliz.

Feliz








Um sonho realizado....
Há sempre um certo esforço por trás de uma conquista.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Gratidão

obrigada mãe..!




















Mãe

· 
Como é bom estar nos seus braços,
Ter meus sentimentos acariciados
Tudo em seu devido lugar
Por meio do coração cativante
Que costumo chamar de lar
O tempo passou
Desde que pela primeira vez me observou
E desde então me amou
Como ninguém nunca conseguirá
Hoje, não fico mais em seus braços
Mas eu sei que eles continuam sobre mim
Muitas vezes rígidos
Pensando na possiblidade
De uma terrível queda
Mas estes braços são falhos,
Por mais que utilizem toda a força
Eu cai, e cairei
Durante várias vezes
Mas estes mesmos braços
Sempre estarão ali
No mesmo lugar
Para que possa me levantar
E me envolver novamente.
Por isso lhe agradeço
Pelo amor desmedido
Pelo afeto incontido
Enfim, por simplesmente existir.
Feliz dia das mães❤️❤️❤️ Te amo demais ❤️😘😘
Carolina Haikel Iost 

sexta-feira, 10 de março de 2017

Mãe eu tenho que ir

Não importa o que eu faça, não importa onde eu esteja, você sempre será a base de tudo. Mas eu preciso crescer mãe, é hora de ir.

Talvez você demore a compreender, talvez você chore incontáveis noites por ver o ninho vazio, talvez você me ligue com aquela voz embargada, sofrida, de quem está guardando um mundo de saudade em um nó na garganta, mas mãe, eu tenho que ir.
Tenho que aprender a separar a roupa por cores na hora de lavar, tenho que descobrir que a louça continua na pia no dia seguinte, que cheiro de banheiro limpo é bom, principalmente quando fui eu que limpei.
Tenho que aprender a cozinhar mais coisas além de macarrão com salsicha, conto com a internet para me ajudar com isso. Tenho que aprender que o meu salário precisa durar 30 dias e que balada e cerveja não são lá as necessidades mais básicas.
Tenho que me sentir só, tenho que falar para as outras pessoas “minha mãe sempre diz que..” e sentir orgulho dos inúmeros conselhos que você me deu na vida e nem sempre eu dei muito valor. Tenho que identificar as amizades ruins, coisa que você fazia por mim antes, tenho que ser forte e segurar aquele palavrão que o meu chefe merecia mas você me ensinou que um profissional sério não sai de si tão facilmente.
Tenho que criar meus próprios ritos de sábado à tarde, que antes eram fazer bolo e dançar loucamente na cozinha com você. Tenho que tirar o pijama aos domingos, fazer almoço, fazer o jantar e não simplesmente ler um livro enquanto espero que você faça tudo por mim.
Tenho que assistir aquele filme incrível sem companhia e não ter ninguém pra chorar timidamente comigo, tenho que sentir falta do abraço que era a fortaleza que eu precisava em um dia ruim e da sinceridade que me ensinava a ser um ser humano melhor todos os dias.
Mas não pense que é fácil para mim, vai doer todos os dias da minha vida, não voltar para casa e ver seu sorriso tranquilo, poder contar cada detalhe do dia e não sentir um mínimo sinal de tédio no seu rosto.
Vou sentir saudade mesmo quando eu tiver dois filhos, mesmo quando eu tiver oitenta anos, mesmo quando eu tiver escrito o melhor livro da história.
Preciso ir mãe mas te levo sempre comigo.


© obvious: http://obviousmag.org/em_busca_dos_girassois/2015/mae-eu-tenho-que-ir.html#ixzz4aux7SyRI 
Follow us: @obvious on Twitter | obviousmagazine on Facebook

sexta-feira, 3 de março de 2017

ir embora

É preciso ir embora.
Vá embora. Por minutos, por anos ou pra vida. Se ausente, nem que seja pra encontrar com você mesmo. Quando voltar - e se voltar, vai ver as coisas de uma outra perspectiva.
Ir embora é importante para que você entenda que você não é tão importante assim, que a vida segue, com ou sem você por perto. Pessoas nascem, morrem, casam, separam e resolvem os problemas que antes você acreditava só você resolver. É chocante e libertador – ninguém precisa de você pra seguir vivendo. Nem sua mãe, nem seu pai, nem seu ex-patrão, nem sua pegada, nem ninguém. Parece besteira, mas a maioria de nós tem uma noção bem distorcida da importância do próprio umbigo – novidade para quem sofre deste mal: ninguém é insubstituível ou imprescindível. Lide com isso.
Fim da sessão.
(Antônia no Divã)
E bom dia pra quem tem bom senso!!

quarta-feira, 1 de março de 2017

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

santo agostinho

 “A morte não é nada.
Eu somente passei para o outro lado do Caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês, eu continuarei sendo.
Me dêem o nome que vocês sempre me deram, falem comigo como vocês sempre fizeram.
Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas, eu estou vivendo no mundo do Criador.
Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos.
Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.
Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra ou tristeza.
A vida significa tudo o que ela sempre significou, o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora de seus pensamentos, agora que estou apenas fora de suas vistas?
Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do Caminho…Você que aí ficou, siga em frente, a vida continua, linda e bela como sempre foi


quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

problemas

“Isto é um problema grande, um problema médio ou um problema pequeno?”

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016